Iran cobra mais atenção do governo para a Mata do Junco

0
118
Iran dialogou com conselheiros e voluntários que atuam na fiscalização e preservação da Mata do Junco

O deputado estadual Iran Barbosa (PT) ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa, durante o Grande Expediente da sessão da última segunda-feira (15), para cobrar do Governo do Estado, através da Secretaria de Meio Ambiente, mais atenção e investimentos para o funcionamento do Complexo Administrativo e para a preservação do Refúgio de Vida Silvestre da Mata do Junco, em Capela. O petista explicou que realizou uma visita de trabalho à reserva durante o último sábado (13), quando pôde conhecer de perto, através do diálogo com Conselheiros e voluntários que atuam na fiscalização e preservação da Mata, as diversas dificuldades e problemas que a unidade enfrenta.

Segundo Iran Barbosa, a Mata do Junco é fonte de inspiração para diversas pesquisas, e recebe, costumeiramente, diversos grupos de estudantes que visitam a Mata com finalidades bem variadas. O deputado comentou que fará indicações ao governador para sugerir soluções para os problemas que lhe foram relatados e que vai buscar uma audiência com o Secretário de Estado do Meio Ambiente.

“Estamos falando de uma grande reserva natural, de uma riqueza incalculável de fauna e flora, com espécimes só encontrados nesta região. Fui com minha assessoria, juntamente com integrantes do Movimento Ambientalista Jabotiana Viva, conhecer de perto os problemas do Refúgio e, agora, vamos trabalhar para ajudar a solucioná-los”, disse o petista.

Lembrando que a unidade ambiental possui a segunda maior reserva de Mata Atlântica do nosso Estado, sendo a maior reserva pública, Iran apelou para que o governo olhe com carinho e mais atenção para o complexo ambiental.

” É um espaço que possui uma riqueza natural muito grande, abrigando 14 nascentes que formam a abundância aquífera municipal, e precisamos tomar todos os cuidados para preservá-las. Ouvimos os militantes e defensores do Refúgio e aquele patrimônio está pedindo socorro”, destacou.

Em seguida, Iran relatou um problema grave do qual tratará com os representantes do governo.

“Até o momento não se tem uma gestora devidamente nomeada para aquela unidade de conservação e, sem isso, tudo fica mais difícil. Gostaria de pedir o apoio do líder do governo para agilizarmos essa nomeação. Não se tem estrutura para garantir o funcionamento, o que exige um suporte do Estado para o atendimento regular”, denunciou Iran.

“O trabalho é voluntário e as dificuldades são grandes. Muitas vezes as pessoas usam seus próprios recursos. Apesar de o Complexo Administrativo do Refúgio de Vida Silvestre da Mata do Junco ter conseguido para si um carro e uma moto, esses veículos não ficam lá, mas na Secretaria de Meio Ambiente. A gente espera que o governo assuma sua parcela de responsabilidade, até para se fazer o trabalho necessário. Aquela reserva poderia ser um espaço muito bem pensando no chamado turismo ecológico ou sustentável”, explicou o parlamentar.

(Com informações da Agência Alese)