Indicações de Iran Barbosa solicitam atendimento a demandas de comunidades do município de Socorro

0
100
Com as muretas de proteção danificadas, canal oferece riscos para quem transita pelo local

O deputado estadual Iran Barbosa, do PT, apresentou, na Assembleia Legislativa, duas indicações – de números 097/2019 e 150/2019 –, que buscam atender demandas das comunidades do Conjunto Jardim e do Guajará, localizadas no município de Nossa Senhora do Socorro. As indicações foram encaminhadas ao secretário de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade, Ubirajara Barreto Santos, e ao diretor-presidente da Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso), Carlos Fernandes de Melo Neto.

A primeira solicita providências para a drenagem dos canais pluviais, além da reforma de partes que estão deterioradas da estrutura do canal principal do Conjunto Jardim, em especial as muretas de proteção laterais, como também a continuidade, com a construção da parte que falta finalizar do canal de esgotamento sanitário daquele conjunto habitacional.

“Minha assessoria esteve no local fazendo o levantamento dos problemas e constatou que é preciso uma intervenção urgente, por parte dos órgãos responsáveis do governo do Estado, no sentido de, além da drenagem e limpeza, que se dê continuidade à construção do canal de esgotamento sanitário. O trecho inacabado vem causando enormes transtornos para os moradores, que são obrigados a conviver com o esgoto correndo a céu aberto e também com a presença de ratos e outros vetores de doenças”, explicou o parlamentar.

“Espero que tanto a Deso quanto a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade busquem os caminhos necessários que levem à solução dos problemas, atendendo, assim, aos anseios daquelas comunidades”, disse o parlamentar.

Abastecimento de água

A segunda Indicação, de número 100/2019, atende o Guajará. Nela, o deputado estadual Iran Barbosa solicita do governo do Estado que, através da Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso), sejam tomadas as medidas necessárias e urgentes para a ampliação da rede de abastecimento de água naquela localidade, em todas as ruas que ainda não possuem a oferta do serviço.

“As famílias que vivem naquela comunidade tem reclamado muito, e com razão. Elas têm enfrentado problemas sérios decorrentes da falta de água potável em diversas residências, o que faz com que elas busquem meios alternativos de acesso água, que nem sempre é de qualidade. Isso expõe as pessoas a doenças e problemas de saúde, especialmente afetando as crianças e idosos, tornando-se imprescindível que sejam adotadas medidas para corrigir a situação”, defendeu Iran Barbosa.