Iran participa de reunião na Secretaria de Educação com estudantes de escola de Santo Amaro

0
165
Deputado e professor Iran Barbosa defendeu as reivindicações dos estudantes

A convite de estudantes do Colégio Estadual Professor Rogaciano Leão Magno Brasil, de Santo Amaro das Brotas, o deputado estadual Iran Barbosa (PT) participou da reunião entre os alunos, o secretário de Educação, Josué Modesto; técnicos da Seduc; a diretora da DRE-08, Marleide Cruz de Araújo; e dois vereadores de Santo Amaro. Na pauta da reunião, 26 problemas existentes naquela unidade escolar, muitos dos quais já registrados desde 2012.

Em face disso, os estudantes organizados, juntamente com os professores, já paralisaram aulas em protesto pela falta de condições para que efetivem os seus estudos com um mínimo de qualidade. Muitos, inclusive, estão às portas de prestarem provas para o ENEM.

Dentre os 26 itens da pauta, três foram discutidos de imediato, pela gravidade. O primeiro ponto levantado pelos estudantes do Rogaciano foi o da carga inconsistente de energia que chega ao Colégio, o que vem prejudicando sobremaneira a vida dos estudantes e também dos professores, já que isso vem impossibilitando a instalação de aparelhos de ar condicionado nas salas, a iluminação das áreas de atividades esportivas e outras, além de prejudicar o funcionamento dos laboratórios.

Sobre o problema, os técnicos da Seduc e o secretário lembraram que existem prazos legais a serem cumpridos para a busca de solução do problema na rede elétrica, estimando em cerca de 90 dias o início para a licitação para o serviço.

Um segundo problema elencado pelo grupo de estudantes foi a falta de professores em várias disciplinas. De acordo com a representante da DRE-8, o problema já foi discutido com os estudantes anteriormente e foi dado o prazo de 15 dias para a transferência de alguns professores de outras escolas da Regional para atender as necessidades do Colégio Professor Rogaciano Leão.

Um terceiro ponto levantado pelos estudantes foi a falta de merendeiras para preparar a alimentação escolar no Rogaciano. Na unidade escolar só existe uma cozinheira para 412 alunos. O secretário de Educação prometeu estudar uma solução para o problema.

Diante do pouco tempo para discutir todos os problemas apontados pelos estudantes, os técnicos da Seduc propuseram discutir os demais 23 itens da pauta numa nova reunião, a ser realizada na próxima segunda-feira, 13, com a comunidade escolar da Rogaciano, na própria escola, em Santo Amaro. A sugestão foi acatada pelos estudantes.

“São muitos problemas e os estudantes estão corretos em lutar por melhorias naquela escola. Cabe a Secretaria de Educação assumir o seu papel e buscar resolver esses problemas para ofertar uma escola com condições dignas para professores desenvolverem as suas atividades de docência e os alunos poderem aprender com qualidade. Infelizmente, os gestores de Sergipe ainda estão devendo muito no quesito educação para o povo sergipano. Acompanharei os desdobramentos dessa reunião e cobrarei que a Seduc efetive as promessas que foram feitas aqui”, colocou Iran Barbosa.