Imprimir
PDF

Iran apoia luta por nova Unidade de Saúde no Mosqueiro

Escrito por George W. Silva on .

Pin It

Comunidade apresentou prédio mais apropriado para instalação da Unidade de SaúdeComunidade apresentou prédio mais apropriado para instalação da Unidade de SaúdeO dia 27 de dezembro não traz boas lembranças para os moradores do Mosqueiro, na Zona de Expansão de Aracaju. Há exatos 4 anos, a comunidade assistia à demolição do prédio onde funcionava a Unidade Básica de Saúde da Família Niceu Dantas. A Administração do então prefeito João Alves Filho (DEM), paralelamente à demolição, prometeu a construção de uma nova unidade no local, maior e melhor aparelhada. Essa promessa nunca foi cumprida, como tantas outras da Administração anterior.

Enquanto isso, os cerca de 7 mil habitantes do Mosqueiro são obrigados a utilizar um posto de saúde improvisado numa pequena casa, que não oferece as mínimas condições para o funcionamento dos serviços que a comunidade necessita.

“A Unidade de Saúde só tem um consultório com ar-condicionado, onde os cinco profissionais que atuam não podem atender no mesmo dia, por falta de espaço. Só há duas salas que comportam atendimento e apenas um banheiro. Não tem a menor condição de atender a população”, denuncia o Agente Comunitário de Saúde Ubiracy Ferreira, liderança local que vem, ao longo desses quatro anos, lutando pela mudança do prédio.

Ação parlamentar

O Vereador Iran Barbosa, do PT, vem acompanhando essa luta dos moradores do Mosqueiro por uma nova Unidade de Saúde em local maior e mais adequado. Ainda no início dos trabalhos legislativos deste ano, o parlamentar apresentou, na Câmara Municipal de Aracaju, a Indicação Nº 463/2017, solicitando da Empresa Municipal de Obras e Urbanização (Emurb) a construção da nova Unidade Básica de Saúde do Mosqueiro.

No dia 6 de julho deste ano, o parlamentar também esteve no local conversando com a comunidade e avaliando de perto o problema. Acompanhado de Ubiracy, Iran visitou o imóvel atual onde funciona a Unidade Básica de Saúde da Família Niceu Dantas e dialogou com a então gerente da Unidade, Simone Costa, que reconheceu todos os problemas existentes.

Espaço onde funcionava a antiga Unidade, demolida na gestão João Alves e depois sobrou o abandondoEspaço onde funcionava a antiga Unidade, demolida na gestão João Alves e depois sobrou o abandondo“Naquele momento, pudemos constatar o absurdo que ocorreu na gestão de João Alves, com a derrubada do antigo prédio da Unidade de Saúde, o isolamento do local e abandono da área. Mas também pudemos verificar outros espaços que a comunidade buscou para apresentar à Secretaria Municipal de Saúde como alternativa para o funcionamento do posto, enquanto não se constroi a sede definitiva. No entanto, hoje faz quatro anos que a Unidade foi demolida e a comunidade ainda convive com a precariedade de funcionamento em um imóvel totalmente inadequado. É preciso que a Administração Municipal resolva esse problema o quanto antes”, apontou o vereador.

Ainda no dia 22 de julho deste ano, Iran Barbosa tratou da questão em uma audiência com a secretária municipal de Saúde, Doutora Waneska Barboza, da qual também participaram lideranças comunitárias. A secretária e sua equipe expuseram as dificuldades enfrentadas pela pasta, mas colocaram-se à disposição para buscar alternativas e tentar resolver o problema específico da Unidade de Saúde do Mosqueiro.

“Buscamos dialogar com a secretária e os técnicos da Secretaria de Saúde para tentar encontrar soluções para essa questão do Niceu Dantas, ressaltando que a comunidade apresentou alternativas de local para o melhor funcionamento da Unidade de Saúde. Vamos continuar cobrando dos gestores da pasta esse encaminhamento”, disse Iran.

Liderança da comunidade, Ubiracy Ferreira questiona dificuldades para mudar local da Unidade de SaúdeLiderança da comunidade, Ubiracy Ferreira questiona dificuldades para mudar local da Unidade de SaúdeParecer técnico

Ubiracy Ferreira reforça que, de fato, uma equipe técnica da Secretaria Municipal de Saúde já esteve na comunidade avaliando a situação e dando uma luz para a questão. “Disseram que vão fazer uma chamada pública na região para ver os imóveis que aparecem como opção. A partir daí, vão estudar a possibilidade que estamos apresentando. O problema é que hoje (27) vence o contrato de locação do imóvel onde funciona a Unidade de Saúde. O técnico da Emurb veio, fez o levantamento e constatou que o prédio atual não tem condições de abrigar essa Unidade e vai colocar isso no relatório. Não podemos deixar que renovem esse contrato, que, aliás, ninguém diz qual o valor, a quem pertence o imóvel, nada. Não nos dão essas informações. Por quê?”, questiona Ubiracy.

“Se podem alugar um imóvel que não tem a menor condição de abrigar uma Unidade de Saúde, por que não podem alugar este que estamos apresentando, que acreditamos custar quase o mesmo valor, mas que tem todas as condições e espaço ideais? Basta uma reforma do prédio e as divisórias. Infelizmente, o que parece estar faltando é boa vontade política”, acredita o líder comunitário.

“Mas temos no Vereador Iran Barbosa um parceiro nessa luta e em outras aqui da comunidade, desde as discussões do Plano Diretor. Temos fé que ele vai continuar nos ajudando, porque é um homem de muita responsabilidade e defende as causas sociais e populares. Ele vai continuar cobrando o Prefeito Edvaldo Nogueira e seus secretários para que atendam as reivindicações dos moradores do Mosqueiro. Não é nada tão complicado. Basta a vontade política de fazer”, colocou Ubiracy.