Imprimir
PDF

Iran Barbosa se solidariza com os servidores públicos municipais em luta

Escrito por George W. Silva on .

Pin It

Médicos do município, em ato público realizado em frene à sede da PrefeituraMédicos do município, em ato público realizado em frene à sede da PrefeituraNa manhã desta terça-feira, 05/06, o vereador Iran Barbosa, do PT, solidarizou-se com todos os servidores públicos do Município de Aracaju, que estão se organizando e em processo de luta, em busca da garantia do direito à revisão salarial anual e aos demais direitos trabalhistas, negados desde o ano passado. Em especial, o parlamentar prestou solidariedade aos médicos do município, que estão em greve desde a segunda-feira (04).

“Uma greve que foi devidamente comunicada e tem fundamento. Os médicos reivindicam o direito constitucional ao reajuste salarial”, destacou o parlamentar, lembrando que os professores da Rede Municipal da capital também têm feito a luta, já que também estão tendo o seu direito ao reajuste no valor do Piso Salarial da categoria negado pela Administração.

“Tanto os professores quanto os médicos, assim como os demais servidores, estão aguardando uma posição do governo municipal sobre o reajuste. Evidentemente, essa espera não pode ser passiva. Ninguém vai aguardar até o último ano do governo para que, magicamente, surjam as condições para o reajuste salarial”, ressaltou, lembrando que exatamente para evitar isso, a Constituição traz a garantia desse reajuste sendo feita anualmente.

Pauta entregue

Iran Barbosa destacou que os médicos do município tentam dialogar com a Administração, tendo apresentado a sua Pauta de Reivindicações, que envolve, entre outras lutas, a definição de um Piso Salarial, a aplicação de uma tabela única para os médicos – acordada com a gestão em agosto do ano passado e não cumprida até o momento –, e a rejeição da contratação do profissional médico através da chamada ‘pejotização’, em detrimento do concurso público para o provimento dos cargos existentes.

“Essa alternativa, de fato, não é saudável nem aceitável. A luta de quem conhece a necessidade da boa qualidade do serviço público é pela realização de concurso público para o preenchimento de vagas, assim como pela garantia das revisões salariais dos servidores anualmente”, defendeu.

O petista destacou, ainda, que tem trazido para o debate, na Câmara de Vereadores e na imprensa, os números relativos às finanças do município de Aracaju, para que a população e os trabalhadores saibam exatamente a realidade financeira da Administração quanto às possibilidades de concessão da revisão salarial anual para os servidores e do reajuste do valor do piso salarial aos profissionais do magistério.

“Eu tenho trazido esses números e mostrado que os dados oficiais apontam para a possibilidade de o governo municipal negociar esses reajustes com os servidores. Se pegarmos os parâmetros dos limites estabelecidos pela Lei de Responsabilidade Fiscal, Aracaju está perfeitamente adequada, podendo, portanto, ter uma boa discussão com os servidores. E isso não significa receber as categorias para apenas dizer que não tem o que apresentar como alternativa. Negociar é apresentar os dados existentes, analisar as reivindicações dos trabalhadores e apontar soluções para o atendimento”, enfatizou.

“Edvaldo está precisando receber mais os servidores, negociar e buscar soluções para garantir o reajuste salarial dos servidores, que precisam de respostas às suas reivindicações, porque foi esse o compromisso que ele firmou durante a campanha eleitoral”, cobrou o vereador Iran Barbosa.