Imprimir
PDF

Iran repudia ataques às instituições republicanas e à Democracia

Escrito por Valesca on .

Pin It

"Registro a minha repulsa a esse tipo de manifestação""Registro a minha repulsa a esse tipo de manifestação"Na condição de cidadão, professor e vereador, Iran Barbosa repudiou enfaticamente a fala do Deputado Federal Eduardo Bolsonaro que, conforme ampla divulgação, afirmou que “bastam um soldado e um cabo para fechar o Supremo Tribunal Federal". Na manhã desta terça-feira, 23, na tribuna do Parlamento Municipal, o parlamentar se posicionou afirmando que a incitação ao fechamento do STF é, na verdade, um ataque ao regime democrático e às instituições constitucionais que asseguram o funcionamento da nossa República.

“Os pilares da Democracia pressupõem o funcionamento adequado dos Três Poderes. Portanto, não podemos admitir insinuações tendentes ao fechamento de quaisquer desses poderes. Ter críticas às posições do STF, que é a mais elevada instituição jurisdicional do nosso país, é aceitável, mas supor o seu fechamento é um atentado à Democracia e não pode ser feito, sem as reprimendas legalmente previstas, especialmente a quem jurou, ao tomar posse como Deputado Federal, respeitar a constituição. Não é admissível que um parlamentar atente, por ações ou por falas, contra a ordem institucional democrática”, afirmou Iran.

“O STF é o guardião da ordem constitucional e esse ataque acompanha uma inaceitável linha de defesa da possibilidade de termos em nosso país um regime totalitário que desrespeita os direitos assegurados constitucionalmente, sendo, na realidade, uma manifestação em defesa do retorno à ditadura”, acrescentou Iran, pontuando que não há democracia onde não há respeite à existência e ao adequado funcionamento dos poderes.

O parlamentar reforçou que o que aconteceu é extremamente perigoso para os princípios democráticos.

“Nós estamos vivendo dias perigosos. Registro a minha repulsa a esse tipo de manifestação e espero que haja providências por parte dos órgãos com poder de ação em questões dessa natureza”, finalizou Iran Barbosa.

Notícias relacionadas