Iran Barbosa participa de seminário e cobra papel do Estado como indutor do desenvolvimento

0
91
Iran ratificou a necessidade da defesa em torno do patrimônio do povo brasileiro

Na manhã desta segunda-feira, 2, o deputado estadual Iran Barbosa (PT) participou do Seminário ‘Descobertas de Petróleo e Gás em Sergipe, os Impactos para a Economia do Estado e o Fundo de Previdência Estadual’, promovido pelas Centrais Sindicais CUT, UGT, CTB e CSP-Conlutas, juntamente com a Federação Única dos Petroleiros (FUP) e com a Federação Nacional dos Petroleiros (FNP), no auditório do Sindipema.

O deputado destacou a importância do debate frente à política entreguista das diversas riquezas brasileiras ao capital internacional, praticadas pelo governo federal; destacou a necessidade de ações de planejamento e proteção ao desenvolvimento do Estado, por parte do governo estadual e parabenizou os responsáveis pela realização do evento.

“Quanto mais temos acesso às informações mais nós temos convicção da responsabilidade de todos aqueles que estão à frente dos Poderes Públicos de Sergipe com essa descoberta”, afirmou Iran ao registrar a realização da atividade na tribuna da Casa Legislativa, no período da tarde.

Parlamentar acompanhando as exposições e os debates

“É ouvindo os trabalhadores, refletindo em conjunto com suas análises e valorizando suas propostas que vamos superar a crise e enfrentar o entreguismo da nossa soberania e os ataques aos nossos direitos”, acrescentou Iran.

Iran pontuou que esse anúncio das descobertas de petróleo e gás em Sergipe requer construção criativa de alternativas, por parte dos executores d políticas públicas, para estimular o uso das descobertas para além do momento da simples exploração dessas riquezas, com perspectiva de desenvolvimento permanente, inclusive para as gerações futuras.

“Os dados técnicos apresentados dão conta que temos uma possibilidade imensa de dinamizar a economia com essas descobertas. Contudo, se faltar competência e compromisso social com essas conquistas, veremos, mais uma vez, o Brasil ser um mero exportador das riquezas nacionais e Sergipe ser um mero coadjuvante nessa engrenagem de possível desenvolvimento econômico e social”, disse.

Por fim, Iran Barbosa ratificou a necessidade da defesa em torno do patrimônio do povo brasileiro.

“Nós não podemos entregar as nossas riquezas para que o capital internacional se beneficie em prejuízo do povo brasileiro”, defendeu.