Iran Barbosa repudia ataque de ministro aos Servidores Públicos

0
91
"O meu repúdio e a minha contrariedade a esse posicionamento do ministro, que acha que pode atacar o servidor público para reforçar sua sanha privatista", manifestou-se Iran

O deputado estadual Iran Barbosa, do PT, repudiou, nesta terça-feira, 11, o ataque do ministro da Economia, Paulo Guedes, aos Servidores Públicos brasileiros. Na última sexta-feira, 7, em palestra na Escola Brasileira de Economia e Finanças da Fundação Getúlio Vargas, Paulo Guedes desrespeitou e desqualificou os servidores públicos chamando-os de ‘parasitas’.

“Considerar os servidores públicos do nosso país como um grupo de ‘parasitas’ é, na verdade, tentar desconstruir o papel que o Estado e seus servidores têm a desempenhar frente à população para favorecer o projeto de privatização que o governo federal está implementando e que está destruindo o nosso país”, afirmou.

“Como ministro de Estado, Paulo Guedes precisa dos serviços prestados pelos servidores públicos para cumprir o seu papel constitucional. Atacar servidores públicos, portanto, é descaracterizar o papel que tem o Estado, especialmente, em um país com as configurações socioeconômicas que tem o Brasil”, entende o parlamentar, repudiando as declarações do ministro.

Iran Barbosa registrou, ainda, que diversas entidades do país produziram manifestações que analisam e se posicionam contrariamente ao discurso de Paulo Guedes.

“Quero somar a minha voz às diversas manifestações contrárias à agressão aos servidores públicos. Inclusive, é preciso que a sociedade entenda que o Brasil está sendo administrado por um grupo que quer implodir o Estado brasileiro e entregar tudo ao setor privado. Nós temos que reagir”, disse o deputado.

“Mesmo após o pedido de desculpas de Paulo Guedes, depois que viu a reação contra o discurso grave que fez, eu não podia deixar de registrar, na tribuna da Assembleia Legislativa de Sergipe, a minha repulsa, o meu repúdio e a minha contrariedade a esse posicionamento do ministro, que acha que pode atacar o servidor público para reforçar sua sanha privatista. Mais respeito aos servidores públicos, senhor ministro, porque somos nós que mantemos funcionando a máquina pública que atende à população”, manifestou-se Iran Barbosa.