Imprimir
PDF

Iran Barbosa participa do Dia Nacional de Luta contra a reforma da Previdência

Escrito por George W. Silva on .

Pin It

Vereador reforçou as falas contra a reforma da PrevidênciaVereador reforçou as falas contra a reforma da PrevidênciaO Vereador Iran Barbosa (PT) participou, na manhã desta segunda-feira, 19, do ato unificado das Centrais Sindicais no Dia Nacional de Luta contra a Reforma da Previdência pretendida pelo governo golpista de Michel Temer, do (P)MDB. O ato aconteceu em frente à agência do INSS da Avenida Ivo do Prado, em Aracaju, onde diversos sindicatos, trabalhadores e parlamentares criticaram o projeto do governo federal, que recuou, momentaneamente, da votação na Câmara dos Deputados, por não ter votos suficientes para a sua aprovação. “E não tem esses votos porque o povo e os trabalhadores estão resistindo nas ruas e em todos os espaços de luta”, apontou o vereador.

Iran lembrou que o Brasil é um país marcado, em sua história, por repressão contra toda forma de organização do povo, desde os índios, que lutaram contra a colonização dos portugueses, às greves operárias do início do século XX. “Todas as vezes em que o povo brasileiro se organizou para lutar e resistir, houve reação das elites reacionárias nacionais, aliadas aos interesses internacionais, para barrar os avanços dos trabalhadores e das camadas populares. Estamos vivendo, novamente, algo semelhante”, destacou.

O parlamentar aproveitou para chamar a atenção para o processo de intervenção federal que está em andamento no Rio de Janeiro. Para ele, a intervenção foi um movimento do governo Temer para desviar a atenção sobre a iminente derrota que o projeto de Reforma da Previdência sofreria na Câmara Federal por não ter os votos necessários para a sua aprovação.

Iran, com vários sindicalistas, em frente à agência do INSSIran, com vários sindicalistas, em frente à agência do INSS“Essa intervenção cumpre esse papel, mas também um outro, que é o de dar um recado ao povo brasileiro: nós temos o Exército, o aparato repressor, a força militar para colocar contra aqueles que ousarem resistir. Este é um recado sobre o qual temos que refletir, especialmente pelas consequências e desdobramentos desse tipo de decisão autoritária”, afirmou Iran.

Para o petista, o momento é difícil e vai exigir dos movimentos organizados, sindicais e populares, mais que sacrifícios e participação em atos políticos de rua. “O momento está a exigir de todos nós o diálogo permanente com o povo de Sergipe e do Brasil, junto aos trabalhadores da cidade e do campo, junto aos desempregados, enfim, temos que dialogar sobre o que está em jogo, porque ainda há quem acredite que essa reforma da previdência não vai mexer com os mais pobres, e é exatamente este segmento que vai ser um dos mais prejudicados, mas que precisa de mais informações”, enfatizou o parlamentar.

Na SRTE

Um outro ponto de parada do Ato do Dia Nacional de Luta contra a Reforma da Previdência, em Aracaju, ocorreu na porta da agência da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego – SRTE.

Na ocasião, os participantes reforçaram a sua posição contrária aos projetos do governo federal. Iran Barbosa lembrou que todas as propostas do governo golpista de Michel Temer foi no caminho de reduzir direitos dos trabalhadores e de diminuir os postos de trabalho, favorecendo a terceirização e a informalidade, num movimento diametralmente oposto ao dos governos Lula e Dilma.

Vereador também apoiou o ato em favor dos servidoresVereador também apoiou o ato em favor dos servidores“Precisamos denunciar, cada vez mais, esse processo de fechamento dos postos de trabalho e também dos desmontes que a reforma trabalhista, aprovada neste governo, ocasionou no próprio Ministério do Trabalho e também a fragilização da Justiça do Trabalho, com a prevalência do negociado sobre o legislado. É a lógica do Estado mínimo para os trabalhadores e para o povo, e máximo para atender aos interesses dos banqueiros, do mercado e dos grandes empresários”, criticou Iran Barbosa.

Servidores públicos

Ainda na tarde desta segunda-feira, o Vereador Iran Barbosa somou-se à luta dos servidores públicos do Estado, no ato unificado das centrais e sindicatos, realizado em frente ao Palácio de Despachos do Governo, na Avenida Adélia Franco. Na ocasião, o parlamentar reforçou as falas em defesa dos direitos dos trabalhadores do serviço público estadual por revisão salarial, pagamento em dia dos servidores da ativa e também dos aposentados, que vem sendo massacrados neste governo, além de defender a unidade dos trabalhadores contra as políticas neoliberais que estão sendo postas e andamento pelos governos federal e estadual, atacando direitos dos trabalhadores e dos servidores públicos, prejudicando, com isso, serviços essenciais à população.