Imprimir
PDF

Iran Barbosa participa de ato unificado em defesa dos direitos dos Servidores Públicos

Escrito por George W. Silva on .

Pin It

Parlamentar petista fez duras críticas aos governos de Temer e Jackson BarretoParlamentar petista fez duras críticas aos governos de Temer e Jackson BarretoCentrais sindicais e sindicatos de Servidores Públicos  realizaram ato público, na tarde da segunda-feira, 19, em defesa dos direitos dos trabalhadores do serviço público estadual. O foco foi a luta pelo direito à revisão salarial anual, ao reajuste do Piso Salarial do Magistério e ao pagamento em dia dos salários e proventos dos servidores da ativa e dos aposentados. O ato também marcou posição contra o desmonte do Serviço Público estadual e federal e fez parte do Dia Nacional de Luta contra a Reforma da Previdência.

A manifestação aconteceu em frente ao Palácio de Despachos do Governo do Estado, na Avenida Adélia Franco. Não faltaram críticas duras ao presidente golpista Michel Temer e ao governador Jackson Barreto, ambos do (P)MDB, pelas políticas de arrocho salarial e de ataques aos direitos dos servidores públicos e de trabalhadores do setor privado, duramente atingidos com a reforma trabalhista.

Para o Vereador Iran Barbosa (PT), que participou do ato, a mobilização dos trabalhadores e de setores da população tem dado um recado claro aos governos federal e estadual: que a resistência continuará firme contra as reformas que, para o petista, são uma deformação do projeto que o povo brasileiro aprovou nas urnas na última eleição.

“A política que o povo deu aval nas urnas, legitimando-a para ser implementada, é completamente diferente dessa que o governo golpista está implantando. E assim como precisamos resistir aos golpes e ataques do governo federal, temos também que dar o nosso recado ao governo do Estado e resistir aos golpes que estão sendo perpetrados aqui”, disse.

Iran lembrou que todas as vezes que se põe em andamento no Brasil o projeto neoliberal, o primeiro grupo de trabalhadores a ser atacado é o do serviço público. “Porque somos nós, servidores públicos, que mantemos a máquina pública funcionando, e o discurso do Estado mínimo defendido pelos golpistas é de desmontar os serviços públicos e colocar o servidor público como um privilegiado e cheio de benefícios, quando, na verdade, somos uma categoria que tem perdido, sistematicamente, direitos e sendo desvalorizada. Por isso temos que resistir e este ato é o nosso recado aos governos Temer e Jackson Barreto: vamos continuar organizados, unidos e lutando por valorização e contra o desmonte do serviço público”, enfatizou Iran Barbosa.

O parlamentar criticou a política de arrocho aos servidores públicos ativos e aposentados, que vêm sofrendo com os constantes atrasos nos pagamentos dos seus proventos, e tudo isso sustentado, de acordo com iran, num discurso falacioso de que não há recursos suficientes.

“Estamos assistindo a um massacre que os servidores ativos e também aposentados estão sofrendo, com o velho discurso da falta de recursos, o que não corresponde à realidade. Sabemos que não é isso, mas sim uma opção nítida, por parte do governo, de não priorizar os servidores porque isso implicaria em valorizar o serviço público e as políticas públicas de atendimento à população, e estes não são os focos do governo Jackson Barreto”, afirmou.

Para Iran, ao não valorizar os servidores e os serviços públicos, o governo JB se transforma numa gestão de faz de conta, que não mostra ações concretas e resultados que atendam ao conjunto da população. “Por isso, vamos manter firmes a unidade, a luta e a esperança de que é possível mudar este cenário”, ressaltou o parlamentar.