Imprimir
PDF

Iran Barbosa refuta as declarações do governador Jackson Barreto a respeito de Marcelo Déda

Escrito por Valesca Montalvão | Foto: César de Oliveira on .

Pin It

"É muito grave responsabilizar o outro pelas mazelas do seu governo, mais grave ainda foi atribuir à memória de Marcelo Déda o uso indevido de verbas""É muito grave responsabilizar o outro pelas mazelas do seu governo, mais grave ainda foi atribuir à memória de Marcelo Déda o uso indevido de verbas"As declarações do governador Jackson Barreto acusando o ex-governador Marcelo Déda de malversação de recursos públicos do Proinvest foi o assunto tratado pelo vereador Iran Barbosa (PT), no Parlamento Municipal, nesta quarta-feira, 4. Iran repudiou as palavras de Jackson Barreto, cobrando, inclusive, esclarecimentos acerca das suspeições levantadas por ele mesmo, vez que foi na sua gestão que os fatos suspeitos levantados por ele ocorreram.

Para Iran, essas declarações foram mais uma tentativa, por parte do governador, de maquiar os problemas que ele criou no Estado devido à sua incapacidade administrativa.

“Jackson não contava com a reação negativa e imediata da sociedade. Foi um episódio lamentável que posteriormente foi caracterizado por ele como ato falho, mas que de falho não houve nada, pois ficou evidente que foi de caso pensado. Estamos diante de um gestor com incapacidade gerencial”, posicionou-se.

“É muito grave responsabilizar o outro pelas mazelas do seu governo, mais grave ainda foi atribuir à memória de Marcelo Déda o uso indevido de verbas. Frise-se que foi, inclusive, uma tentativa sem fundamentação cronológica, já que quem estava respondendo pelo Poder Executivo àquela época não era Déda, mas sim o próprio Jackson”, afirmou Iran.

Por fim, o petista cobrou do governador Jackson Barreto uma explicação verdadeira e concreta sobre a falta de respeito com os direitos dos servidores públicos e com a execução das Políticas Públicas do Estado.

Notícias relacionadas