Imprimir
PDF

Vereador Iran Barbosa destaca o Dia do Taquígrafo

Escrito por George W. Silva on .

Pin It

Taquigros tem dia municipal graças a lei de iniciativa de IranTaquigros tem dia municipal graças a lei de iniciativa de IranNesta quinta-feira, 3 de maio, Dia Nacional do Taquígrafo, o vereador Iran Barbosa, do PT, lembrou a data, parabenizando todos os profissionais da taquigrafia pelos relevantes serviços que prestam.

“Quero parabenizar toda essa categoria, em especial, todos os taquígrafos e taquígrafas da Câmara Municipal de Aracaju e dos demais poderes legislativos do país, pelo serviço que prestam, essencial ao funcionamento das Casas Parlamentares. Quanto aos servidores da Taquigrafia da nossa Câmara, os quais acompanho de perto, parabenizo-lhes pela forma brilhante como prestam esse serviço, inclusive, obtendo reconhecimento até mesmo fora do nosso estado”, destacou Iran, cobrando a respectiva valorização salarial desses profissionais.

“Espero que eles obtenham desta Casa, também, o reconhecimento através da melhoria salarial, porque esta é a essência da valorização de qualquer profissional”, disse.

Lei municipal

O vereador Iran Barbosa sempre valorizou o trabalho dos profissionais da taquigrafia. Foi de iniciativa do parlamentar a Lei Nº 3.412/2006, que institui, no âmbito do município de Aracaju, o Dia Municipal do Taquígrafo.

O petista aproveitou a ocasião para protocolar, na Câmara Municipal, Requerimento de Votos de Congratulações ao advogado e taquígrafo Marcius de Oliveira Fernandes, ex-Presidente da União Nacional e Federação Ibero-Americana da Taquigrafia – Fiat e da União Nacional de Taquigrafia Parlamentar e Judiciária – Unatac, pelo convite da Escola do Legislativo de Campinas – Elecamp, para ministrar curso de formação da equipe de taquígrafos da Câmara Municipal de Campinas/SP.

“O convite demonstra o grau de excelência da taquigrafia que serve ao legislativo da nossa cidade. Rendo a minha homenagem a esse setor importante dos trabalhadores, a taquigrafia, que aqui nesta Casa garante a fidelidade de tudo o que debatemos. Importante lembrar que a tecnologia pode até falhar, mas nunca nos faltam os registros taquigráficos, o que garante que possamos recorrer sempre aos arquivos que mostram o que de fato aconteceu nas sessões. E isso, graças ao importante trabalho dos taquígrafos e taquígrafas”, enfatizou Iran Barbosa.