Imprimir
PDF

Iran homenageia Professor Arivaldo Montalvão com nome em praça no Inácio Barbosa

Escrito por George W. Silva | Fotos: Arquivo da família on .

Pin It

Professor Arivaldo, em destaque, e na UFS, discursando na solenidade de entrega do título de Doutor Honoris Causa ao ex-governador Marcelo DédaProfessor Arivaldo, em destaque, e na UFS, discursando na solenidade de entrega do título de Doutor Honoris Causa ao ex-governador Marcelo DédaPor iniciativa do Vereador Iran Barbosa, do PT, Arivaldo Montalvão, ilustre Professor da Universidade Federal de Sergipe (UFS), falecido em 3 abril de 2011, aos 58 anos, será homenageado com seu nome identificando praça pública na capital sergipana. O parlamentar apresentou, na Câmara Municipal de Aracaju, o Projeto de Lei 262/2017, dando o nome do educador ao logradouro localizado na Rua Reginaldo Passos Pina, no Bairro Inácio Barbosa. O projeto ainda será votado em plenário.

O aracajuano Arivaldo Montalvão Filho foi Professor Mestre do Departamento de Engenharia Química e Pró-Reitor de Assuntos Estudantis da UFS, tendo ingressado na instituição em 1978. Além de sua atuação à frente da Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis, função que exerceu entre 1992-1996 e 2006-2011, também foi Gerente de Recursos Humanos, Chefe do Departamento de Química e Reitor em exercício em breves períodos entre 1993 e 1997.

“A iniciativa é uma justa homenagem ao Professor Arivaldo, que dedicou grande parte da sua vida à educação superior e a trabalhos sociais, como membro do Conselho Arquidiocesano de Leigos e Leigas (Conal) da Arquidiocese de Aracaju. Quem o conheceu, sabe do seu comprometimento com a educação pública, com a igualdade social e também com a luta dos trabalhadores”, destacou Iran Barbosa.

Militante e humanista

A Deputada Estadual e Professora Ana Lúcia Menezes (PT), que conviveu com Arivaldo Montalvão, lembrou do seu caráter exemplar e da sua coragem militante como traços marcantes de um homem de personalidade forte. “São traços que marcaram a pessoa do Professor Arivaldo, além do seu perfil de grande humanista. Nos aproximamos mais durante as campanhas políticas, porque, como eu, ele era um militante e acreditava na construção de um outro mundo. Sua partida foi uma grande perda para todos nós”, disse a parlamentar.

“Esta homenagem, feita pelo mandato do companheiro Iran, é justa e necessária, para que a sua história, como uma grande referência do nosso Estado e da nossa cidade, repleta de valores positivos, seja sempre lembrada”, completou.

Ana Lúcia destacou, também, a forte aproximação que o Professor Arivaldo Montalvão tinha com a juventude. “Por sua forma de ver o mundo, ele tinha um fácil diálogo com esse segmento. E, no atual momento em que vivemos, de tanta intolerância, esta homenagem reforça a referência que ele foi na busca do diálogo entre gerações”, apontou.

Amigo e lutador

O atual Reitor da Universidade Federal de Sergipe (UFS), Angelo Roberto Antoniolli, lembrou com carinho do amigo Arivaldo Montalvão. “Era um sujeito muito fácil de lidar, uma figura equilibrada e que cativava as pessoas por ser sempre muito atencioso. Era um amigo de extrema confiança e um professor de extrema qualidade. Faz muita falta à nossa Universidade até hoje”, disse.

Antoniolli destacou o comprometimento acadêmico do Professor Arivaldo com a UFS e com o seu fortalecimento, além do seu forte envolvimento com as políticas públicas voltadas para o interesses maiores da sociedade. “Ele sempre teve uma dedicação muito intensa à Universidade Federal de Sergipe e sempre militou em sua defesa”, assegurou.

“O Vereador Iran foi muito feliz na escolha do nome para essa praça e está de parabéns pela iniciativa. É o reconhecimento a alguém que sempre defendeu a nossa Universidade, pela relevância social que tem, a educação pública e o ensino superior. Essa praça será uma forma de lembrar Arivaldo, imortalizando o seu nome e a sua história de luta”, completou o Reitor da UFS.

Simbologia

Arivaldo Telles Montalvão, o Arivaldinho, filho do educador, agradeceu pela propositura apresentada pelo Vereador Iran Barbosa e lembrou que ambos tinham qualidades em comum. “Em nome da minha família, quero agradecer ao Vereador Iran pela proposta, homenageando meu pai. Essa homenagem tem uma forte simbologia, porque Iran e meu pai sempre lutaram por justiça e pelo que há de belo no mundo. Assim como Iran, meu pai sempre foi comprometido com a luta em favor das pessoas mais exploradas nesta sociedade em que vivemos”, externou.

Iran Barbosa lembrou, ainda, que o Professor Arivaldo sempre procurou se envolver nas lutas dos trabalhadores, tendo, como servidor e também como dirigente da Associação dos Docentes da UFS (Adufs), buscado o estreitamento de laços entre a Universidade e os trabalhadores do campo e da cidade.

“Ele foi um militante aguerrido e um homem preocupado com o futuro do nosso Estado e da nossa gente, e com a melhoria de vida da classe trabalhadora. Ele tinha sonhos e tinha lado, o lado dos trabalhadores. Portanto, reforço que esta homenagem, que a Câmara de Vereadores fará, por iniciativa do mandato que represento, é mais que justa e imperativa, por deixar registrado, em um espaço da nossa cidade, o nome e o legado positivo de um cidadão e educador que muito contribuiu com a nossa sociedade”, enfatizou Iran Barbosa.



Iran homenageia Professor Arivaldo Montalvão com nome em praça no Inácio Barbosa

Por iniciativa do Vereador Iran Barbosa, do PT, Arivaldo Montalvão, ilustre Professor da Universidade Federal de Sergipe (UFS), falecido em 3 abril de 2011, aos 58 anos, será homenageado com seu nome identificando praça pública
na capital sergipana. O parlamentar apresentou, na Câmara Municipal de Aracaju, o Projeto de Lei 262/2017, dando o nome do educador ao logradouro localizado na Rua Reginaldo Passos Pina, no Bairro Inácio Barbosa. O projeto ainda será votado em plenário.

 

O aracajuano Arivaldo Montalvão Filho foi Professor Mestre do Departamento de Engenharia Química e Pró-Reitor de Assuntos Estudantis da UFS, tendo ingressado na instituição em 1978. Além de sua atuação à frente da Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis, função que exerceu entre 1992-1996 e 2006-2011, também foi Gerente de Recursos Humanos, Chefe do Departamento de Química e Reitor em exercício em breves períodos entre 1993 e 1997.

 

A iniciativa é uma justa homenagem ao Professor Arivaldo, que dedicou grande parte da sua vida à educação superior e a trabalhos sociais, como membro do Conselho Arquidiocesano de Leigos e Leigas (Conal) da Arquidiocese de Aracaju. Quem o conheceu, sabe do seu comprometimento com a educação pública, com a igualdade social e também com a luta dos trabalhadores”, destacou Iran Barbosa.

 

Militante e humanista

 

A Deputada Estadual e Professora Ana Lúcia Menezes (PT), que conviveu com Arivaldo Montalvão, lembrou do seu caráter exemplar e da sua coragem militante como traços marcantes de um homem de personalidade forte. “São traços que marcaram a pessoa do Professor Arivaldo, além do seu perfil de grande humanista. Nos aproximamos mais durante as campanhas políticas, porque, como eu, ele era um militante e acreditava na construção de um outro mundo. Sua partida foi uma grande perda para todos nós”, disse a parlamentar.

 

Esta homenagem, feita pelo mandato do companheiro Iran, é justa e necessária, para que a sua história, como uma grande referência do nosso Estado e da nossa cidade, repleta de valores positivos, seja sempre lembrada”, completou.

 

Ana Lúcia destacou, também, a forte aproximação que o Professor Arivaldo Montalvão tinha com a juventude. “Por sua forma de ver o mundo, ele tinha um fácil diálogo com esse segmento. E, no atual momento em que vivemos, de tanta intolerância, esta homenagem reforça a referência que ele foi na busca do diálogo entre gerações”, apontou.

 

Amigo e lutador

 

O atual Reitor da Universidade Federal de Sergipe (UFS), Angelo Roberto Antoniolli, lembrou com carinho do amigo Arivaldo Montalvão. “Era um sujeito muito fácil de lidar, uma figura equilibrada e que cativava as pessoas por ser sempre muito atencioso. Era um amigo de extrema confiança e um professor de extrema qualidade. Faz muita falta à nossa Universidade até hoje”, disse.

 

Antoniolli destacou o comprometimento acadêmico do Professor Arivaldo com a UFS e com o seu fortalecimento, além do seu forte envolvimento com as políticas públicas voltadas para o interesses maiores da sociedade. “Ele sempre teve uma dedicação muito intensa à Universidade Federal de Sergipe e sempre militou em sua defesa”, assegurou.

 

O Vereador Iran foi muito feliz na escolha do nome para essa praça e está de parabéns pela iniciativa. É o reconhecimento a alguém que sempre defendeu a nossa Universidade, pela relevância social que tem, a educação pública e o ensino superior. Essa praça será uma forma de lembrar Arivaldo, imortalizando o seu nome e a sua história de luta”, completou o Reitor da UFS.

 

Simbologia

 

Arivaldo Telles Montalvão, o Arivaldinho, filho do educador, agradeceu pela propositura apresentada pelo Vereador Iran Barbosa e lembrou que ambos tinham qualidades em comum. “Em nome da minha família, quero agradecer ao Vereador Iran pela proposta, homenageando meu pai. Essa homenagem tem uma forte simbologia, porque Iran e meu pai sempre lutaram por justiça e pelo que há de belo no mundo. Assim como Iran, meu pai sempre foi comprometido com a luta em favor das pessoas mais exploradas nesta sociedade em que vivemos”, externou.

 

Iran Barbosa lembrou, ainda, que o Professor Arivaldo sempre procurou se envolver nas lutas dos trabalhadores, tendo, como servidor e também como dirigente da Associação dos Docentes da UFS (Adufs), buscado o estreitamento de laços entre a Universidade e os trabalhadores do campo e da cidade.

 

Ele foi um militante aguerrido e um homem preocupado com o futuro do nosso Estado e da nossa gente, e com a melhoria de vida da classe trabalhadora. Ele tinha sonhos e tinha lado, o lado dos trabalhadores. Portanto, reforço que esta homenagem, que a Câmara de Vereadores fará, por iniciativa do mandato que represento, é mais que justa e imperativa, por deixar registrado, em um espaço da nossa cidade, o nome e o legado positivo de um cidadão e educador que muito contribuiu com a nossa sociedade”, enfatizou Iran Barbosa.