Propostas de Iran para recuperação de escolas são aprovadas

0
115

A Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese) aprovou, por unanimidade, duas indicações do deputado estadual Iran Barbosa, do PT, que solicitam ao Governo do Estado a reforma, o aparelhamento e a melhoria estrutural de escolas da rede.

A Indicação Nº 529/2020 reivindica do governador Belivaldo Chagas e do Secretário de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura – Seduc, Josué Modesto, que sejam realizadas benfeitorias no Colégio Estadual Doutor Leandro Maciel, localizado na sede do município de Pacatuba.

A segunda Indicação, de número 530/2020, solicita desses gestores a reforma e melhoria de equipamentos da Escola Estadual Rural Engenheiro José Carvalho, localizada na Rodovia Governador Antônio Carlos Valadares, no município de Tobias Barreto.

“Mesmo neste período difícil de pandemia do novo Coronavírus, o mandato que represento tem mantido o trabalho de visitar os municípios e coletar demandas da população. Essas duas unidades escolares, de acordo com o que verificamos, apresenta diversos problemas estruturais”, explicou Iran Barbosa.

O parlamentar destaca que, no caso Colégio Estadual Doutor Leandro Maciel, atualmente, a unidade escolar apresenta diversos problemas estruturais, de modo que se faz urgente a construção de uma quadra poliesportiva, a construção de um laboratório de informática e a construção de um refeitório.

Quanto à situação da Escola Estadual Rural Engenheiro José Carvalho, aponta, se fazem necessários a reforma dos banheiros masculino e feminino; a reforma da quadra poliesportiva; a recuperação do telhado; a manutenção da rede elétrica; o aparelhamento da sala de informática, da biblioteca, do auditório e da sala de audiovisual; a pintura geral do prédio e a manutenção na caixa d’agua.

“Como cumpre ao Estado de Sergipe manter e conservar as escolas estaduais, esperamos que, com essas indicações, o governo venha a atendê-las no mais curto espaço de tempo, em função dos problemas que essas escolas apresentam, os quais, sem sombra de dúvida, dificultam o trabalho de ensino, por parte dos professores, e prejudicam a aprendizagem, por parte dos estudantes”, destacou o petista.