Webinário discute o enfrentamento à violência sexual contra crianças e adolescentes e ao trabalho infantil

0
190
Webinário reuniu representações da sociedade civil organizada e do poder público

Com o objetivo de discutir o enfrentamento à violência sexual contra crianças e adolescentes e o combate ao trabalho infantil, a Frente Parlamentar Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente da Alese, coordenada pelo deputado Iran Barbosa (PT), o Fórum Estadual de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil (Fepeti-SE), o Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (CEDCA), e o Fórum Estadual em Defesa da Criança e do Adolescente (FDCA) realizaram um webinário, na tarde da terça-feira, 1º de junho, com transmissão pelo Youtube.

Participaram do evento, além do parlamentar, a professora doutora Iolete Ribeiro, ex-presidenta do Conanda; Tânia Dornellas, representante do Fórum Nacional de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil; Vicente Sossai Falchetto, coordenador do Fórum Nacional em Defesa da Criança e do Adolescente, e Rute Rosendo, coordenadora operacional estadual da Busca Ativa Escolar e do Programa Bolsa Família na Educação da SEDUC.

“Esse debate foi fruto da construção conjunta da Frente Parlamentar que coordeno na Alese e de entidades que, aqui em Sergipe, têm atuado e trabalhado para fazer o necessário enfrentamento à violência sexual contra crianças e adolescentes e ao trabalho infantil. Em função da pandemia que estamos atravessando, teve que acontecer nesse formato de seminário virtual, mas o mais importante é não deixar de trazer esse tema tão importante e tão caro para debater com a sociedade, especialmente neste momento tão difícil que estamos vivendo”, explicou o petista, que aproveitou a oportunidade para homenagear o adolescente Vitor da Silva Santos, o Juninho da Cocada, morto recentemente em uma operação policial em Canindé do São Francisco, o que gerou revolta entre a população local e tem mobilizada as entidades de defesa dos direitos infantojuvenis por respostas a esse assassinato.

Outras contribuições

Também colaboram na discussão os representantes do Fórum Estadual da Criança e do Adolescente, Dr. Paulo Machado; do Fepeti-SE, Dra. Verônica Passos Rocha Oliveira; do Conselho Estadual de Defesa da Criança e do Adolescente, Dra. Glícia Salmeron; além do representante do Comitê de Participação de Adolescente, o jovem Willian Eleutério Azevedo dos Santos, que deixou um recado contundente sobre o tema:

“A violência sexual contra crianças e adolescentes e o trabalho infantil infelizmente estão enraizados em nossa sociedade. Cada vez mais devemos lutar para quer isso seja eliminado. Os municípios e o estado tem quer fazer acontecer e não falar e falar. Sociedade, governos, municípios, deputados e vereadores, ‘bora’ proteger nossas crianças e adolescentes, pois não somos somente o futuro, somos o presente e queremos ter também voz e vez. Nada pra nós sem nós”, cobrou o adolescente em carta lida pelo deputado Iran Barbosa.
Iran Barbosa agradeceu a todos que participaram do evento, inclusive as contribuições coletivas dos internautas que surgiram durante o seminário virtual, e destacou os encaminhamentos a serem feitos.

“Agradeço a todos que puderam contribuir com esse importante e necessário debate e, também, os que acompanharam as discussões pela internet e contribuíram com mensagens e sugestões. Precisamos fortalecer essa rede protetiva em torno dos direitos infantojuvenis; reforçar a cobrança para o envolvimento tanto do poder público como da sociedade civil na efetivação das pautas de interesse das crianças e dos adolescentes; e buscar garantir nas leis de Diretrizes Orçamentárias do Estado e dos municípios, orientações para que, no final do ano, se possa formular leis orçamentárias que garantam os recursos necessários para a efetivação das políticas voltadas para atender as nossas crianças e adolescentes”, enfatizou o petista.