Trabalhadores do SUAS conquistam orientação da Secretaria de Saúde para que sejam vacinados

0
190

A Secretaria de Estado da Saúde (SES), atendendo a uma proposta apresentada, em reunião, pelo deputado estadual Iran Barbosa, diligenciou orientação aos municípios sergipanos para que vacinem os seus trabalhadores do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) contra a Covid-19.

Durante uma reunião realizada, a pedido do parlamentar, na semana passada, com a secretária de Estado da Saúde, Mércia Feitosa, e integrantes da Fórum Estadual dos Trabalhadores do SUAS (Fetsuas), para tratar sobre o assunto, Iran sugeriu à gestora da pasta que atendesse o pleito dos trabalhadores que, por suas vez, colocaram os motivos pelos quais esses profissionais deveriam ser incluídos no Plano Estadual de Imunização.

Na ocasião, Iran defendeu que a Secretaria expressasse formalmente, através de uma Nota Técnica, a Recomendação para que os gestores municipais priorizassem a vacinação dos trabalhadores do Sistema Único de Assistência Social, devido à essencialidade dos serviços prestados pela categoria.

No último domingo, 20, a SES fez uma retificação do Informe Técnico do Plano Estadual de Operacionalização da Vacina Contra a COVID-19 em Sergipe, onde incluía os trabalhadores do SUAS e fazia uma recomendação aos municípios da importância desses trabalhadores no enfrentamento à Covid.

“Considerando […] a importância dos profissionais do SUAS nessa fase de enfrentamento à Covid-19 nos territórios, recomenda-se pela sua essencialidade e acesso a populações vulneráveis que, assim como já ocorreu em diversos municípios, sejam avaliadas formas de vacinação desses trabalhadores em cada município”, aponta trecho da recomendação expressa no informe técnico da SES.

Para a assistente social e representante da Federação dos Trabalhadores do Serviço Público Municipal de Sergipe (FETAM/SE) no FETSUAS, ao lançar a nota técnica, a SES está tendo uma atitude de justiça.

“A SES, ao lançar essa nota técnica, está fazendo justiça, já que o Governo Federal não incluiu os trabalhadores do SUAS entre os grupos prioritários para imunização, mesmo que os serviços desenvolvidos por esses profissionais tenham sido considerados essenciais para o enfrentamento à pandemia do Covid-19, como determina o decreto presidencial de 337/2020. Essa nota é uma conquista dos trabalhadores do SUAS e daqueles que apoiaram a nossa luta. Somos muito gratos ao deputado Iran Barbosa pelo apoio à nossa luta. A intermediação dele para que representantes do FETSUAS se reunissem com a secretária de Saúde foi de suma importância para que conquistássemos essa nota, orientando os municípios sergipanos a criarem estratégias para vacinarem os trabalhadores do Sistema Único de Assistência Social”, afirmou Itanamara Guedes.